quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Eduardo Malta




Eduardo Malta
1900-1967

Pintor e retratista português cuja fama ultrapassou fronteiras.



Eduardo Augusto D'Oliveira Morais Melo Jorge Malta conhecido como Eduardo Malta, nasceu na Covilhã a 28 de Outubro de 1900 e faleceu em Óbidos em 1967.
Aluno da Escola Superior de Belas-Artes do Porto, conquistou em 1936 o Prémio Columbano, e a medalha de ouro da Exposição Internacional de Paris de 1937.
Eduardo Malta repartiu a sua existência pelo retrato, pela ilustração, pela pintura de ficção e ainda por obras literárias.
Foi porém como retratista, que Eduardo Malta realizou o máximo das suas possibilidades, pintando cerca de um milhar de retratos a que o grande poeta Teixeira de Pascoaes se referia dizendo" Os retratos de Eduardo Malta vivem carnal e espiritualmente".
Espírito ávido de cultura, escreveu também livros, como "Do Meu Ofício de Pintar" e "Retratos e Retratados". 

Amália Rodrigues

Cravos

Nú, 1941
O Século Ilustrado, Nº. 176, 17 de Maio de 1941

Inês. Cabrocha Brasileira, 1938
Óleo sobre tela, 91,5x119 cm
Oferta de Dulce Malta, 1956
Inv. 260  - Museu José Malhoa, Caldas da Rainha, Lisboa

Retrato de Henrique da Gama Barros
Presidente do Tribunal de Contas de 1900 a 1911
Tribunal de Contas, Lisboa

Retrato de Mouzinho da Silveira
Ministério das Finanças, Lisboa

Desenhos alusivos à 1ª. Exposição Colonial Portuguesa de 1934
O Príncipe Abdulah retratado por Eduardo Malta


Mulher Nangombe por Eduardo Malta

Eduardo Malta - Músico Macaense

Sem comentários:

Publicar um comentário